A desconstrução do corpo eletrônico nos conteúdos audiovisuais do YouTube (2008)

postado em: Artigos | 0

Autoras: Nísia Martins do Rosário e Lisiane Aguiar.

O artigo propõe uma abordagem que debata as imagens midiáticas do corpo que são veiculadas na Internet. Tal proposta visa discutir, ao mesmo tempo, a importância da leitura das imagens que têm o corpo como seu principal objeto, vislumbrando entender os formatos audiovisuais dados ao corpo no âmbito da Internet. No desdobramento dessa discussão, a centralidade recai sobre os corpos desconstruídos pelo discurso audiovisual do site de compartilhamento de vídeos YouTube. Entende-se por vídeos que desconstroem o corpo aqueles que, de alguma forma expressam aspectos não padronizados no que se refere à estética audiovisual hegemônica e, também, aqueles que evidenciam a técnica na produção de um corpo eletrônico.

Palavras-chave: Audiovisualidades; Corpo eletrônico; YouTube.

Capítulo publicado no livro “Aprendizado, descoberta, inovações em iniciação científica e em extensão”. 1 ed. Novo Hamburgo: Feevale, 2008, p. 205-217.

A desconstrução do corpo eletrônico nos conteúdos audiovisuais do YouTube. Disponível em: https://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/58158