A enunciação de si no dispositivo televisivo (2011)

postado em: Artigos | 0

Autor: Alex Damasceno.

Características inerentes à televisão a tornam um dispositivo que engendra formas de enunciação de si. Neste artigo, efetuamos movimentos cartográficos para desenredar as conexões entre poder e subjetividade na enunciação de três sujeitos inseridos nos fluxos de programação: a personalidade televisiva (profissional contratualmente vinculado a uma emissora), a pessoa pública (que ganha visibilidade na TV pelo discurso do interesse público), e o indivíduo comum (cuja participação na programação é uma oportunidade única). Concluímos que a enunciação de si, apesar de ser uma prática de construção de identidade, é controlada na TV por diversos procedimentos (linhas de força) que orientam a formação discursiva. Contudo, a subjetividade pode reverter essas orientações e traçar linhas de fuga aos discursos dominantes.

Palavras-chave: televisão; enunciação de si; identidade; subjetividade.

Artigo: A enunciação de si no dispositivo televisivo. In: Intercom 2011- Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 2011, Recife. Intercom 2011- Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 2011.

[download id=”38″]