A prática do testemunho no telejornalismo: memória, história e justiça (2013)

postado em: Artigos | 0

Autor: Alex Damasceno.

Este artigo transfere o problema da atribuição da memória para os sujeitos que atuam no ciberespaço. Procedemos, assim, por articulações entre as ferramentas da Web 2.0 e as duas correntes tradicionais de atribuição: a fenomenologia da memória individual e a sociologia da memória coletiva. Primeiramente, pelo viés fenomenológico, observamos às práticas de construção de si na internet. Em segundo lugar, sob o prisma sociológico, nos voltamos às formas de cooperação e inteligência coletiva. Mas o artigo não se restringe a uma revisão dessas duas correntes, e sim propõe, baseado num ensaio de Paul Ricoeur, a criação de um sujeito síntese: “os próximos”. Esse sujeito evidencia a dialética entre indivíduo e sociedade e é profícuo para compreender o fluxo de memória das relações interpessoais na internet.

Palavras-chave: memória; ciberespaço; sujeito.

Artigo: A prática do testemunho no telejornalismo: memória, história e justiça. Revista Brasileira de História da Mídia, v. 02, p. 183-190, 2013.

[download id=”41″]