Semiótica da comunicação (2013)

postado em: Publicações | 0

“Em 2012, o GP Semiótica da Comunicação da Intercom completou 20 anos. Talvez, nenhuma outra palavra sintetize melhor o trabalho realizado nestes anos do que diversidade. Diversidade de objetos, de abordagens teóricas, de metodo- logias. Como não se define por um objeto específico, o GP Semiótica da Comunicação consiste num espaço privilegiado de debate sobre as alterações das temáticas e dos problemas que têm pautado os estudos no campo da comunicação nas últimas duas décadas. Dividido em quatro partes, Semiótica da comunicaçãotraduz a diversidade da produção do grupo de pesquisa que, ao longo desses vinte anos, mantém a semiótica como perspectiva relevante para se pensar a comunicação, suas práticas profissionais e as semioses que engendra”. Na segunda parte do livro encontramos o artigo Cultura da tecnofilia e imaginários da tecnofobia: discurso sobre seres artificiais em filmes de ficção científica, de Nísia Martins do Rosário,Taís Seibt,Ana Cristina Basei, Camila Cabrera, faz um mapeamento dos discursos construídos no cinema de ficção científica acerca de seres artificiais para demons- trar o quanto as obras cinematográficas de ficção científi- ca operam com um imaginário apocalíptico direcionado à tecnofobia em contradição a um cotidiano em que reina a tecnofilia”.

NAKAGAWA, Regiane; SILVA, Alexandre Rocha da. (Orgs.) Semiótica da comunicação. 1. ed. São Paulo: Intercom, 2013. v. 1.