As rupturas de sentido na teledramaturgia brasileira contemporânea

postado em: Artigos | 0
Autora: Adriana Pierre Coca

Resumo

Este artigo se propõe a pensar as rupturas de sentido na teledramaturgia brasileira contemporânea. O aporte teórico-metodológicobasilar é a semiótica da cultura. A reflexão está ancorada no conceito de explosão de Lotman (1999), para refletir como os aspectosestéticos e narrativos observados na teleficção podem provocar tensionamentos que conduzem a novos sentidos e nos fazem perceberdeterminados sistemas culturais que compõem a semiosfera pensada por Lotman (1999). Acreditamos que, de maneira recorrente,vêm sendo exibidas produções, sobretudo na emissora aberta hegemônica na área, que é a TV Globo, que oferecem algo imprevisívelao telespectador em relação à estética televisual e também aos percursos narrativos e, assim, propõem novos modos de contar históriasde ficção seriada na televisão.

Palavras-chave: teledramaturgia brasileira, rupturas de sentido, semiótica da cultura.

Artigo disponível em: http://revistas.unisinos.br/index.php/fronteiras/article/view/fem.2015.172.11